custo-do-cibercrime-para-o-brasil-5De acordo com o relatório Norton Report 2013, o custo médio gasto com vítimas de cibercrime aumentou em 50% – apesar do número de adultos vítimas de golpes ter diminuído.

“Atualmente, os cibercriminosos utilizam ataques mais sofisticados, como o Ransomware e Spear phishing (e-mails maliciosos direcionados), que são muito mais lucrativos”, diz o diretor de tecnologia Steve Trilling. De acordo com os resultados do Norton Report 2013, 49% dos consumidores usam seus dispositivos móveis pessoais para trabalho e lazer, o que potencializa novos riscos de segurança para as empresas já que a possibilidade de acesso dos cibercriminosos a informações ainda mais valiosas aumenta.

O estudo também mostra que, apesar de quase metade dos usuários de smartphones se importarem com seus dispositivos e os usarem ao longo do dia sem descanso, os dispositivos continuam desprotegidos. Quase metade dos usuários (48%) de dispositivos móveis não têm cuidados básicos, como a utilização de senhas e softwares de segurança, além da realizar backup de arquivos. E 61% dos usuários de tablets também não possuem soluções de segurança instaladas em seus dispositivos.

Vale lembrar que, no Brasil, o crime virtual atingiu 22 milhões de pessoas (60% dos usuários) nos últimos 12 meses – sendo que 57% são usuários de smartphones.

Referência: Notícias UOL

Publicado por Ascom

Assessoria de comunicação da empresa VirtualLink.