LibreOffice1

A Document Foundation lançou na quarta-feira, 30/7, a suíte LibreOffice 4.3, já disponível para download.

A oitava versão do produto oferece melhorias e novas funcionalidades. Entre eles estão:

- Interoperabilidade de documentos: suporte ao OOXML Strict, melhorias na parte gráfica do OOXML (DrawingML, fontes temáticas, preservação dos estilos de desenho e atributos), incorporação de arquivos OOXML dentro de outro arquivo OOXML, suporte a 30 novas funções do Excel, suporte a planilhas e banco de dados do MSWorks, e formatos de arquivos legados do Mac, tais como o ClarisWorks, ClarisResolve, MacWorks, SuperPaint, e muito mais.

- Gerenciamento de comentários: os comentários agora podem ser impressos na margem do documento e podem ser formatados, bem como podem ser exportados e importados – em documentos ODF, DOC, OOXML e RTF, para aumentar a produtividade e atingir uma colaboração mais efetiva.

- Planilhas mais intuitivas: o Calc agora permite executar muitas tarefas mais intuitivamente, graças ao destaque inteligente das células nas fórmulas, a exibição do número de linhas e colunas selecionadas na barra de status, a capacidade de inciar a edição de uma célula com o conteúdo da célula acima, e os modelos de conversão de textos selecionáveis pelo usuário.

- Modelos 3D no Impress: suporte para modelos 3D animados no novo padrão aberto glTF, bem como o suporte inicial a arquivos Collada e kmz disponíveis no Google Warehouse, para acrescentar um visual novo e animações nas palestras (por enquanto o suporte deste recurso é no Windows e no Linux).

- Visual natural no MacOS X: o plano de fundo das barras de ferramentas é agora calculado nativamente no OSX, o que oferece um visual natural muito aguardado nesta plataforma.

O LibreOffice 4.3 também suporta parágrafos que excedem 65 mil caracteres (um bug antigo de 11 anos, finalmente resolvido).

Além disso, a acessibilidade se tornou padrão com a incorporação definitiva do framework IBM’s iAccessible2.

Fonte: PcWorld