NASA-Open-SourceEm notícia divulgada pelo Open Source, é apresentado como a NASA libera o conteúdo disponibilizado pelo rover Curiosity que pousou em Marte em Agosto passado.

O grande desafio da NASA é deixar disponível a qualquer momento e a partir de qualquer lugar os dados da exploração do rover Curiosity. Trata-se de um volume de tráfego de centenas de gigabits/segundo gerado por centenas de milhares de visualizações concorrentes. A plataforma desenvolvida foi toda baseada em Open Source.

Os softwares utilizados são:

Nginx, um servidor web de alto-desempenho CMS baseado no Railo, que é um framework para desenvolvimento de websites GlusterFS, que é o responsável por garantir o armazenamento de todas as informações vindas do Curiosity.

Trata-se de um sistema de arquivo distribuido que consegue escalar diversos petabytes em um único Namespace.

Certamente soluções baseadas em open source foram escolhidas em função de sua eficiência, escalabildiade e flexibilidade, permitindo a equipe do projeto viabilizar em um curto intervalo de tempo e disponibilizar as imagens vindas de Marte.

Referência: Open Source

Publicado por Ascom

Assessoria de comunicação da empresa VirtualLink.