Mark-Shuttleworth-Apologizes-for-the-Trademark-Infringement-Letter-Sent-to-Fixubuntu-com-398583-2

Cada distribuição tem seu enfoque, o Ubuntu já deixou claro que é “o sistema para seres humanos”, pensando não apenas em atender o usuário profissional de todas as formas mas proporcionando um ambiente fácil para leigos também, a nova LTS será ainda mais especial.

Will Cooke é o nome do engenheiro da Canonical responsável pela área de acessibilidade do sistema, que são os programas e maneira com que o Ubuntu lida com os mesmos para auxiliar que pessoas que tenham algum tipo de deficiência física, motora, auditiva ou visual.

acessibilidade ubuntu

Na imagem acessada você vê o aplicativo “Acessibilidade” que já vem por padrão com o Ubuntu, ele é extremamente útil para  as pessoas que necessitam de algumas ajudas especiais.

Segundo o engenheiro, a ideia é trazer para o Ubuntu 16.04 LTS um ganha maior de opções, correções de bugs eventuais para as funções já existentes e aumentar as possibilidades de acessibilidade diretamente na instalação do sistema. O mesmo engenheiro comentou que a transformação que eles fizerem no Ubuntu poderá ser utilizada por outros sistemas que desejarem, desde que o back-end do Gnome esteja presente.

A ideia de colocar estas modificações no Ubuntu 16.04 LTS, que ainda não tem nem um nome, pois as versões LTS tendem a ser usadas por mais tempo em empresas e pelos usuários em geral.

Fonte: DioLinux

Publicado por Alexandre Viana - Diretor VirtualLink

CEO da empresa VirtualLink , Pós-graduado em Redes de Computadores pela UFPA, Consultor Sênior em T.I.C. com ênfase em Soluções de Interoperabilidade entre os Sistemas Unix, Windows e Linux, Especialista em Soluções de T.I.C. baseadas em Software Livre.