azure

A mudança de opinião da Microsoft quanto ao Linux tem sido mais clara, assim que a empresa começou a investir e recomendar claramente o Linux para alguns de seus trabalhadores, mais e mais depoimentos sobre o assunto estão aparecendo, especialmente depois que Satya Nadella tomou o lugar de CEO de Steve Ballmer.

Não precisamos olhar para trás no tempo para encontrarmos um momento em que a posição oficial da Microsoft era ser simplesmente contra o Linux, como certa vez disse o ex-CEO da empresa Steve Ballmer, “Linux é um câncer”, algo que parece ter mudado e muito com a chegada do novo chefe, Satya Nadella.

É claro que este comunicado feito através do Twitter do Microsoft Azure tem a ver com o fato de que o Ubuntu foi a primeira distro Linux fora da Microsoft a entrar como opção para os clientes da empresa mas não deixa de ser algo que até pouco tempo atrás não se esperava vindo da empresa.

Fonte: DioLinux

Publicado por Alexandre Viana - Diretor VirtualLink

CEO da empresa VirtualLink , Pós-graduado em Redes de Computadores pela UFPA, Consultor Sênior em T.I.C. com ênfase em Soluções de Interoperabilidade entre os Sistemas Unix, Windows e Linux, Especialista em Soluções de T.I.C. baseadas em Software Livre.