unity 8 ubuntu 17.04

unity 8 ubuntu 17.04

 

 

Em Abril d de 2017 teremos uma nova versão do ubuntu, 17.04,  com um breve acréscimo ao seu nome, o Ubuntu Zesty Zapus trará para seus usuários um vez mais refinada e com mais recursos na atualização para Unity 8.

O lançamento do Ubunto 17.04 deve manter  a linha de seu último lançamento 16.10, mantendo a interface Unity 8 como uma alternativa na tela de login do sistema, mantendo o Unity 7 com seus bugs fixes, que a essa altura do campeonato já está bem estável, pelo fato de não mudar deste o Ubunto 14.04 LTS, como padrão” afirma o Dionatan Simioni, colunista do Diolinux.

O colunista nos trás algumas das novidades da nova atualização:

1 – Fazer do Unity 8 um Snap: Os pacotes Snap já foram muito comentados aqui no blog, justamente pelo paradigma que eles são capazes de quebrar dentro do mundo Linux. Então um dos grandes objetivos é fazer com que a interface Unity 8 seja um Snap.
2 – Gerenciamento de janelas completo e usabilidade: Outra coisa importantíssima que está sendo planejada, é espelhar o comportamento do Unity 7 no Unity 8, este inclusive é um dos pontos que eu critiquei no novo Unity no vídeo acima, o fato dele se parecer ainda muito mais com um sistema móvel, do que com um de computador. A ideia por trás deste tópico é trazer a familiaridade que as pessoas estão acostumadas no Ubuntu Desktop atualmente, para a interface nova.
3 – Fazer do Unity 8 melhor com um mouse: Digamos que isto seja um complemento para o tópico anterior.
O Unity 8 foi pensado como um interface baseada em gestos, o que é realmente muito útil se você estiver utilizando ele em um Smartphone ou Tablet, mas à partir do momento que um mouse e teclado são ligados, a forma de operar ainda não é satisfatória, fazendo com que você perca boa parte da produtividade que o tradicional Unity 7 te oferece, então o objetivo aqui é fazer o Unity 8 mais amigável ao mouse, tendo um comportamento mais tradicional, com menus de contexto e muito mais.
4 – “Uma gaveta de Apps”: Esta talvez seja a maior mudança visual. O menu do sistema receberá uma aparência, de certa forma, semelhante ao menu que temos agora no Unity 7. No modo Desktop as Scopes não vão mais funcionar da mesma forma, ficando daquela forma somente quando o modo mobile for ativado ou quando você “chamar” aquela interfaccce.  A ideia é que essa “gaveta” armazene todos os aplicativos, tanto os Snaps, os que rodarem sobre o Mir e os que rodarem sobre o X no mesmo local, sem que o usuário perceba qual é qual.

Você também pode ver um exemplo deste recurso na primeira imagem que ilustra este post.

5 – Suporte para multimonitores: Eu não cheguei a demonstrar isso no vídeo, apenas comentei, mas quando você conecta uma tela extra no computador com Unity 8, via HDMI por exemplo, o sistema pensa que está no celular e transforma a tela primária num grande touchpad inútil, especialmente se a sua tela não for touch também. Este comportamento é completamente justificável e extremamente útil em um Smartphone, como você pode ver nessa demonstração dos Smartphones com Ubuntu que nós temos no canal, mas em computadores a história é outra, logo, uma das proposta é ter o Unity 8 compatível com mais de um monitor sem apresentar este comportamento.

Unity 8 chega com interface definitiva?

Ainda não, mas a previsão é que em abril de 2018, em sua nova atualização.

Publicado por Ascom

Assessoria de comunicação da empresa VirtualLink.