cidade-inteligente2Imagem: reprodução

Um acordo entre a Assespro (Federação Nacional das Empresas de Software), o IBQP (Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade) e o iCities Smart Cities Solution resultou na criação do OBCI, Observatorio Brasileiro das Cidades Inteligentes. Com escritório em São Francisco, berço do Vale do Silício, nos EUA, o foco é que a iniciativa seja referência para as entidades e legisladores se atualizarem sobre o ambiente regulatório do mundo moderno.

A formalização do acordo contou com a presença do prefeito de Curitiba, Rafael Greca, e do presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento, Frederico Lacerda, durante o evento Smart City Expo, em Curitiba (PR).

O acordo tem a chancela do Consulado Geral do Brasil em São Francisco, representado pelo embaixador Pedro Henrique Lopes Bório. Ao conhecer a iniciativa, Bório manifestou seu apoio para a instalação do OBCI no Vale do Silício. “A função do OBCI vai ser acompanhar de perto as discussões em São Francisco, numa conexão direta com o Vale do Pinhão (centro de inovação de Curitiba)”, disse.

“O IBQP terá papel fundamental nesse processo, diante da ampla experiência e know-how em pesquisas, sendo a maior autoridade em pesquisa do empreendedorismo no Brasil como realizador da pesquisa GEM – Global Entrepreneurship Monitor para Babson e London Business School”, diz Robert Janssen, diretor internacional da Assespro Nacional, um dos articuladores do acordo.

O Observatório entrará em funcionamento em 90 dias e, no início das atividades, terá quatro pessoas – um diretor e três funcionários.

Publicado por Ascom

Assessoria de comunicação da empresa VirtualLink.