conheca-cursos-de-programacao-gratis-1132x600Imagem: reprodução

 

Há diversas áreas relevantes para profissionais de TI aumentarem as chances de sucesso na carreira. Mas, em particular para programadores, a linguagem JavaScript ganha importância.

Assim como as capacidades de programação profunda, acrescenta. A tendência se baseia no maior investimento das empresas na melhoria das experiências do seus clientes. Grande parte das organizações quer fazer isso recorrendo ao desenvolvimento e desenho de suportes à experiência de utilização e interfaces.

Os profissionais devem procurar adquirir experiência em desenvolver aplicações com essas tecnologias num ambiente empresarial, particularmente com Node.JS, Angular.JS eReact.JS. Em Janeiro, a Hays, uma Empresa de Recrutamento, divulgou o estudo “Specialist Recruitment”, no qual assinala que as linguagens de programação em PHP e Drupal (sobretudo nas grandes empresas), são duas das mais procuradas em programadores.

No geral, a nível mundial, o conjunto de outras habilitações inclui aquelas focadas em cibersegurança, BI, ciência dos dados, big data e DevOps. A transformação digital e os desafios de gestão de dados estão aumentando a concorrência na contratação de recursos humanos, confirma a Hays. Segundo a consultoria, as habilitações para desenvolvimento de software são essenciais na maioria das áreas com mais oportunidades. 

Não são apenas as organizações digitais nativas que estão adotando as últimas tecnologias transformadoras. As organizações mais tradicionais estão fazendo investimentos estratégicos para garantir permaneçam relevantes no mundo digital.

A Hays diz que as grandes organizações estão interessadas em contratar especialistas em cibersegurança, particularmente as do setor financeiro e varejo. Na área de BI, a consultora especifica que as empresas estão mais envolvidas em proteção, gestão e exploração dos seus dados.

Os candidatos com habilitações em BI estão sendo muito procurados para ajudar a impulsionar a tomada de decisões operacionais. Com o volume de dados crescendo continuamente nas organizações, a par da implementação de aprendizagem automática e análises preditivas, a Hays também acredita na criação de uma série de novas competências e cargos. Por isso, aconselha os profissionais ficarem mais ligados a esta área a manterem um conjunto amplo de competências em tecnologia, estatística e de envolvimento com partes interessadas. 

Publicado por Alexandre Viana - Diretor VirtualLink

CEO da empresa VirtualLink , Pós-graduado em Redes de Computadores pela UFPA, Consultor Sênior em T.I.C. com ênfase em Soluções de Interoperabilidade entre os Sistemas Unix, Windows e Linux, Especialista em Soluções de T.I.C. baseadas em Software Livre.